Dia do Automóvel

Desde 1934 comemora-se o Dia do Automóvel em 13 de Maio. Desde a época em que os carros eram símbolo de status e poder social devido à pequena quantidade presente nas ruas, com veículos que ainda não eram fabricados aqui e a indústria nacional apenas montava os carros com as peças vindas de fora em sua totalidade.

 

A data também coincide com a inauguração da primeira rodovia pavimentada do Brasil e com a abolição da escravatura. Significados completamente diferentes, porém totalmente ligados à liberdade do homem, cada qual com sua importância e significado para a história do país.

 

Do início da montagem dos carros por aqui, que se deu em 1919, passando pelo início da fabricação em 1956, chegamos à paixão nacional pelos carros, que com o aumento da gama de modelos foi acumulando aficcionados e entusiastas, que até hoje, quase 100 anos depois da chegada do primeiro carro em terras brasileiras, cuidam dos carros muitas vezes como se fossem filhos.

 

Seja pela mobilidade, status e até mesmo pela sensação de liberdade que um carro trás, para quem gosta de automóveis, eles são muito mais do que quilos de aço, plástico, fios e vidros encaixados. Não servem apenas para se deslocar de um ponto ao outro, e sim causam sensações e até mesmo marcam determinadas épocas das vidas das pessoas.

 

Quantos adultos da atualidade querem ter um “velhinho de estimação” pela simples lembrança dos passeios de final de semana no Fusca ou no Dodge da época, acompanhado dos pais ou avós? Mesmo que no inconsciente de quem não se liga muito em carro, é possível encontrar lembranças que envolvem algum modelo, numa determinada época. Seja com a família, ou até mesmo com o carro que era sonho de consumo em um momento da vida.

 

Se você parar pra pensar, talvez se lembre do primeiro carro que dirigiu, ou o carro que saiu com a primeira namorada, o carro que te levou ao aeroporto para dar um último adeus, e também do seu carro que te leva todo dia para o trabalho ou para os estudos. E independente da forma que você olha pra ele, sabe que teve alguma importância na sua rotina, e no Dia do Automóvel queremos convidá-lo a trazer à mente essas lembranças e mostrar que passamos muitas vezes horas dentro de um objeto, onde podemos sentir as mais diversas sensações, e por que não podemos nos sentir bem, não é mesmo?

 

Ter um carro em bom estado, bem cuidado e bonito, é muito mais do que qualquer tipo de status, mas também é relacionado à sua sensação com este veículo. A sensação de confiança para poder ir a qualquer lugar sem ficar na mão ou correr riscos, desfrutar da liberdade que o carro oferece. Entendemos quem não cria uma relação de paixão com o carro, mas já que ele faz parte dos seus momentos, é importante cuidar com carinho.

 

Na Itaro você encontra os melhores pneus, acessórios e autopeças para cuidar do seu companheiro de viagens e ter momentos ainda melhores com ele.

Dia das Mães

A Itaro quer lembrar você dos caminhos que percorreu com sua mãe até aqui. Vem com a gente nesse Dia das Mães?

 

Cada data traz um significado diferente, seja por seu tema, ou pelas experiências vividas que se relacionam com aquele dia. No caso do Dia das Mães, cada um tem uma história especial pra ser lembrada.

Os bons conselhos de mãe que sempre levam adiante, o olhar cuidadoso desde antes da primeira vez que você abriu o olho, e até mesmo as broncas, com o passar do tempo se transformam em parte da nossa história.

Muitos dos lugares que você conheceu também tem a ver com a mamãe, não é mesmo? Seja porque ela te levou, ou porque naquele primeiro dia de carteira de habilitação, a lista de conselhos foi enorme. Ou pela comemoração do carro novo, da moto nova, enfim, aquela conquista que foi acompanhada de pertinho, na maior torcida!

Lembrar dos momentos vividos e daqueles que ainda estão por vir, nos mostram o quanto esses momentos são importantes. Que neste Dia das Mães você possa resgatar todas as lembranças boas e deixar o dia ainda mais especial ao lado da pessoa que torce pra que você alcance as estradas mais altas todos os dias. Feliz Dia das Mães!

Pneu bom e barato existe sim! Conheça o Firestone F600

A escolha de um pneu para usar todos os dias em seu carro não é fácil, mas alguns modelos podem trazer segurança, desempenho e baixo custo. Conheça o Firestone F600, que é um desses modelos e pode equipar o seu carro!

 

Fundada em 1900 por Harvey S. Firestone, a Firestone iniciou sua trajetória com pneus para tratores, trazendo inovação e excelência em seus produtos, que com o passar dos anos sempre foram acompanhando as mais novas tecnologias, proporcionando produtos com as características que são esperadas em um pneu de qualidade.

 

O pneu Firestone F600 foi apresentado como uma das melhores opções atuais em custo x benefício. Foi desenvolvido para equipar carros pequenos e médios, e tem como destaque a banda de rodagem assimétrica, que é um diferencial na categoria de pneus da categoria de entrada. O formato da área de contato é responsável pelo ótimo escoamento de água,  retirando-a do caminho, processo que evita hidroplanagens e garante a segurança em pista molhada.

 

Para proporcionar conforto e silêncio de rodagem, a Firestone aplicou na construção deste modelo, ombros largos e com pequenos cortes no desenho, que fazem com que o contato com a pista produza menor ruído. A estrutura reforçada também contribui com a sensação de conforto, graças à menor deformação.

 

O formato da banda de rodagem favorece também as respostas ao volante e a eficiência nas frenagens, que reflete automaticamente na segurança à bordo, principalmente em situações de emergência.

 

E a Firestone conseguiu fazer todo esse conjunto em um pneu que é durável e possui baixo preço de compra, o que torna a manutenção do seu carro mais barata e com intervalos maiores. Na Itaro você encontra o Firestone F600 em medidas do aro 13 ao 16, clique aqui e veja todos os produtos disponíveis!

Como escolher o melhor pneu para seu carro de passeio

Encontrar o pneu ideal para o seu carro de passeio nem sempre é uma tarefa fácil, e por mais que se deseje economizar, nem sempre o pneu mais barato é a opção correta. Confira aqui o que é fundamental na hora de selecionar um pneu para o seu carro de passeio.

 

Quando direcionamos a nossa escolha aos carros de passeio, deixamos de fora as caminhonetes, jipes, utilitários, etc., pois já conseguimos dar uma boa “filtrada” nos pneus que teremos para escolher, mas mesmo assim, ainda são diversas opções.

 

Seguir a medida recomendada pelo fabricante, é apenas o início da escolha de um bom pneu, pois as características de cada modelo podem atender ou não às suas necessidades. Você pode optar por além de seguir a medida recomendada pelo fabricante, manter também a marca e o modelo, mas é importante saber que você tem a liberdade de mudá-los, muitas vezes buscando mais economia, desempenho, durabilidade ou algum atributo que seja importante para a condução da forma que mais lhe agrada.

 

Então, uma das dicas para escolher o seu pneu, é observar o índice treadwear dele, que é o índice que indica a durabilidade. Quanto maior este número, mais o pneu irá durar em quilometragem. Logo, o pneu com o número mais elevado é o melhor, certo? Errado! Um pneu mais duro, que se desgasta menos, tende a aderir menos à pista e consequentemente tem menor aderência em frenagens e curvas, o que dependendo do seu tipo de condução, pode resultar em falta de segurança. Então, coloque tudo na balança, pois você não quer trocar sua segurança por alguns quilômetros a mais, não é mesmo?

 

Outro ponto importante a se observar é se o índice de carga e velocidade corresponde ao carro e sua função de uso. Alterar esse índice para um superior, não tem problema algum, porém não é aconselhável alterar para menos.

 

Também deve-se observar que existem pneus de medidas iguais, porém com utilidades completamente diferentes, como pneus de carga de veículos pequenos, que tem a mesma medida de pneus de carros médios ou compactos. Utilizar um pneu de carga pode trazer alto ruído, falta de aderência, entre outros. Portanto, fique ligado nas especificações e índices do pneu. A inscrição C ao lado do aro, ou índice de carga superior a 98 costumam ser pneus voltados a uso comercial.

 

Na hora de procurar o pneu ideal para o seu carro, a Itaro disponibiliza as melhores ofertas, com diversas marcas e opções para proporcionar conforto, segurança e economia com seus novos pneus.

Você sabe qual a calibragem ideal para os pneus?

Cuidar do estado dos pneus do carro requer cuidados como o alinhamento e balanceamento corretos, mas  a calibragem, que é um item simples, não pode ser esquecido.

Manter a calibragem correta dos pneus do seu carro é muito importante para que os pneus sofram o desgaste correto, com aproveitamento da vida útil, pois além de influenciar em aspectos como desempenho, consumo e conforto, a calibragem correta ainda faz você gastar menos pneu.

Como encontrar a pressão de ar correta para o pneu?

Em geral, a informação de calibragem fica no manual do carro, em uma seção específica, mas também pode obter esta informação em uma etiqueta fixada na porta do motorista (parte interna) ou na tampa do tanque de combustível. Você pode variar a calibragem um pouco, para menos ou para mais, caso queira um carro um pouco mais confortável, ou mais firme, respectivamente.

Há três principais sistemas para especificar a calibragem: PSI, BAR e kPA. Veja em ordem de popularidade, e é muito importante verificar com qual unidade está trabalhando na hora de pegar a referência e de utilizar a máquina para calibrar o pneu:

PSI – Pound Per Square Inch (Inglês)

BAR – (Inglês)

kPa – Pascal (SI – Sistema Internacional)

Se você substituir o pneu do seu carro e mantiver a medida anterior, independente do modelo e marca, é importante lembrar que a calibragem permanece a mesma da original. Se a medida for alterada, o recomendado é mudar a calibragem também, principalmente se o aro for maior, pois irá necessitar de mais ar no interior do pneu, lembrando de nunca ultrapassar a capacidade máxima do pneu.

A calibragem deve ser verificada a cada duas semanas, sempre com o pneu do carro frio, já que há alteração de acordo com a pressão e temperatura. Caso vá transportar cargas no veículo, a calibragem deve ser alterada.

Os cuidados ao substituir pneus e rodas

Saiba em que casos é possível mudar a roda ou usar um pneu de outra medida sem comprometer a segurança

Troca de pneus e rodas

Colocar um pneu mais largo para dar mais estabilidade, trocar o aro por um esportivo, aproveitar as rodas de outro carro… Há várias razões que levam alguém a substituir o conjunto original de fábrica. Mas, antes, é preciso tomar cuidados básicos para não colocar sua segurança em risco ou danificar o veículo.

Primeiro é importante entender as medidas envolvidas. No pneu 185/60 R14, o 185 é a largura da banda de rodagem em milímetros, 60 indica a altura do perfil (60% da largura), R diz que é radial, 14 é o diâmetro da roda que ele pode receber, em polegadas. Já no aro 5Jx15, o 5 revela a largura do aro em polegadas, o J é o tipo de perfil do aro (a área do seu encaixe com o pneu) e 15, o diâmetro.

O maior cuidado é tentar manter sempre o diâmetro externo do conjunto (tolerância de 3% para mais ou para menos). “Caso não faça isso, você corre o risco de ter a leitura do velocímetro errada, poderá aumentar demais a altura do automóvel em relação ao chão, causando um desequilíbrio e, no caso de ter pneus maiores, haverá aumento de consumo”, diz Vinícius Sá, gerente de marketing de pneus de passeio da Goodyear.

Assim, ao optar por um pneu mais largo para melhorar a estabilidade, há ainda outras duas restrições. A primeira: o pneu não pode ultrapassar o para-lama, sob risco de raspar na carroceria ou na suspensão.

Segunda restrição: achar o aro correto. Cada medida de pneu pode ser montada numa certa faixa de largura de rodas. Exemplo: um pneu de largura 175 mm (como o 175/70 R13) pode ser montado em aros de 4.5” a 6.0”. Se você optar por um pneu largo ou estreito demais, ele ficará suscetível a desgastes irregulares e problemas de aderência e estabilidade. Outra preocupação é o tipo de perfil do aro, que deve ser sempre mantido.

Em geral as montadoras equipam seus carros com rodas de larguras intermediárias. Assim, a medida original 175 mm pode ser aumentada para 185 mm sem grandes problemas. Dependendo do caso, dá até para colocar modelos 20 mm mais largos que os de fábrica. Mas tudo isso tem de ser validado antes por um especialista.

Há ainda outros cuidados ao substituir o pneu. Um deles, no caso das versões com câmara, é trocar a câmara e o protetor. Também é recomendado substituir a válvula sempre que montar um pneu novo. E se for repor apenas dois pneus (no caso de veículos de passeio), eles devem ser instalados no eixo traseiro, independente da tração.

 

10 Dicas para uma viagem de carro perfeita :D

Resolveu deixar de lado as chateações de aeroportos e rodoviárias para fazer uma viagem de carro? Para que a decisão revele-se acertada é importante seguir alguns passos. Pegar a estrada é sinônimo de liberdade e autonomia, mas pode ser bastante cansativo. Principalmente quando algo dá errado. Certifique-se de que nada dará errado durante a jornada sobre quatro rodas. De preferência, antes de começá-la.

Resolveu deixar de lado as chateações de aeroportos e rodoviárias para fazer uma viagem de carro? Para que a decisão revele-se acertada é importante seguir alguns passos. Pegar a estrada é sinônimo de liberdade e autonomia, mas pode ser bastante cansativo. Principalmente quando algo dá errado.

Confira abaixo 10 dicas para que a viagem de carro seja perfeita:

1. Calcule os gastos com gasolina e pedágio
Diferente de viagens de ônibus ou de avião, nas quais você já compra as passagens com antecedência e sabe exatamente quanto gastará, o custo de uma viagem de carro pode estar mascarado. O site “Mapeia.com” pode ser bastante útil para conferir a viabilidade da empreitada. Nele há uma ferramenta que calcula o custo dos pedágios que estarão pelo caminho e quanto deverá ser investido em gasolina.

2. Revise o veículo com antecedência
Faróis e freios têm que estar funcionando corretamente. Leve o carro ao mecânico com ao menos 15 dias de antecedência para ter certeza de que qualquer reparo necessário será realizado a tempo. Cheque os níveis de óleo e água. Antes de entrar na estrada, encha todos os pneus, inclusive o estepe – mas este não servirá para nada se você não souber trocar um pneu. Não sabe? Talvez seja melhor aprender antes de viajar.

3. Evite deixar a cidade na hora do rush
Ninguém quer começar uma viagem longa se estressando por conta do trânsito caótico da metrópole. Além disso, sair no horário errado pode alongar bastante o tempo dentro do carro. Saia de manhã, antes das 7h, à tarde, entre 13h e 16h ou à noite, depois das 20h.

4. Não confie cegamente no seu GPS
Ele é seu fiel companheiro, sem ele você se perderia todos os dias da sua vida? O amor pelo GPS pode ser absolutamente genuíno e compreensível. Mas a verdade é que, longe de casa, ele pode vir a falhar, ditando caminhos perigosos ou sem asfalto. Principalmente se ele estiver desatualizado. O bom e velho mapa, por outro lado, tem todos os caminhos possíveis. Resgate-o do fundo da gaveta.

5. Viaje com alguém que você goste bastante
A dica, que vale para qualquer viagem, pode ser primordial no caso de um longo trajeto percorrido de automóvel. Não há para onde correr dentro do carro. Aquelas pessoas que ali estão são as únicas com quem você irá conviver pelas próximas horas – e em um espaço confinado. Certifique-se de que você as conhece bem.

 

6. Não esqueça o protetor solar
Você não quer ficar com a marca da camiseta no braço, certo? Para não esquecer, é só pensar na voz do jornalista Pedro Bial naquela música que circulou nas rádios há alguns anos. “Use filtro solar”.

7. Cheque sempre o nível de gasolina
Não espere o marcador de gasolina ficar no vermelho e piscante para lembrar-se da existência dele. Você nunca sabe a que distância estará o próximo posto. Se o tanque estiver com menos de dois terços da capacidade total significa que é hora de abastecer.

8. Prepare as músicas com antecedência
Trocar CDs ou escolher uma música no MP3 Player enquanto dirige a 100 Km/h não parece a melhor das ideias. Você confia no gosto musical daqueles que te acompanharão na viagem? Na dúvida, escolha com antecedência o que vai querer ouvir durante o trajeto, mas certifique-se de escolher algo que todos os passageiros apreciarão.

9. Leve comidas e bebidas
Levar a própria comida de casa é melhor do que confiar em postos de gasolina suspeitos pelo caminho. Além disso, é uma forma de economizar. Opte por frutas e sanduíches leves, que não pesem no estômago. Leve também bastante água, para manter todos hidratados.

10. Seja flexível em relação ao caminho
Talvez tenha algo interessante no trajeto: uma cachoeira, uma antiga estação de trem ou o melhor rocambole do País. Não tenha medo de desviar um pouco o caminho para aproveitar surpresas não planejadas.

 

Como fazer seus pneus durarem mais?

 


Como fazer seus pneus durarem mais?

Eles fazem todo o serviço pesado. Sustentam o carro, caem em buracos, encaram asfalto quente, passam sobre pedras… Os pneus foram feitos para suportar tudo isso e muito mais. Às vezes, eles chegam aos 60 000 km em condições saudáveis, em outras podem estar em frangalhos antes dos 40 000 km. Quer saber o segredo para eles durarem mais? É só ler abaixo para descobrir como algumas medidas simples podem garantir maior segurança e economia.

Trabalhando pressionado

Não é todo mundo que aguenta trabalhar sob pressão. Mas com pneu é diferente. Ele necessita da pressão, desde que seja a correta. Cada veículo tem sua calibragem especificada pelo fabricante. As fábricas estimam que 10% abaixo da indicada significará redução de 5% na vida útil. Se estiver 20% abaixo do ideal, a expectativa de vida cai 16%. Rodando 30% mais murcho, ele pode durar 33% a menos. E, como pressão correta é fundamental para a estabilidade, não deixe de verificá-la semanalmente, ou a cada vez que for abastecer o automóvel. Essa checagem deve ser feita com os pneus frios, porque o aquecimento gerado pelo movimento eleva a pressão interna e altera a medição.

Todo carro traz a informação sobre a calibragem correta a ser utilizada. Ela aparece em algum lugar da carroceria (às vezes no batente da porta do motorista, às vezes na tampa do tanque de combustível) e no manual do proprietário. Há casos em que o fabricante recomenda pressão diferente nos dianteiros e nos traseiros. Na dúvida, o manual do proprietário é lei. Pressão demais tende a desgastar a parte central da banda de rodagem e até provocar rachaduras no fundo dos sulcos. Já a calibragem muito baixa aumenta o desgaste nas bordas da banda de rodagem (ou ombros). Em ambos os casos, o resultado é redução da vida útil, sem falar em perda de estabilidade e risco de estouros – principalmente em caso de pressão muito baixa e choque contra buracos.

Rodízio

Cada fabricante determina um prazo ideal para o rodízio entre os pneus. Sua função é uniformizar o desgaste entre os dianteiros e os traseiros. Em função do peso do veículo (em geral concentrado na frente) e da tração (também dianteira na maioria dos casos), os pneus frontais costumam sofrer três vezes mais desgaste que a dupla que roda atrás. Por isso, na média recomenda-se a troca de posições a cada 10 000 km. Mas convém consultar o manual em busca da recomendação oficial.

Andando alinhado

Sabe quando você solta o volante e o carro puxa para um lado? É sintoma de direção desalinhada, que abrevia a vida útil do pneu. Quando isso ocorre, ele está sendo mais sobrecarregado que o outro. O sintoma é desgaste acelerado e desigual. Em condições ideais, as rodas dianteiras devem estar exatamente paralelas, nem convergentes nem divergentes. No primeiro caso, traçando-se uma linha imaginária, em algum ponto elas se cruzariam (ponto de convergência). No segundo, cada uma iria para um lado. Ambas são situações indesejáveis. Se uma estiver em linha reta e a outra torta, certamente um dos pneus estará sendo “lixado” por causa do maior atrito com o solo. Cambagem incorreta também acelera o desgaste nos ombros: normalmente, a roda forma um ângulo de 90 graus em relação ao piso, mas cada projeto de automóvel tem uma especificação. Se a falha não for corrigida, os pneus podem ter muita borracha numa determinada área da banda de rodagem e estar carecas em outra. Se for assim, é o fim da linha para ele. A direção está vibrando? Então as rodas devem estar desbalanceadas. Além do desconforto ao volante, isso pode ocasionar desgaste irregular na banda e até danificar peças do sistema de direção. Por isso tudo, faça alinhamento e balanceamento em média a cada 10 000 km.

Vá com calma

A forma de dirigir também influencia na durabilidade do pneu. O segredo é ter um pé calminho, calminho, seja no acelerador, seja no freio, pois acelerações bruscas e frenagens fortes aumentam o desgaste. Se você tiver um carro com controle de tração (que impede as cantadas nas arrancadas) e freios ABS (não deixam as rodas travarem), pode comemorar, pois eles diminuem o consumo dos pneus nesse estilo de direção agressiva – mas não anulam o desgaste. Portanto, suavidade ao volante é a melhor forma de cuidar do pneu. Um cuidado importante é antecipar o momento de frear, utilizando a pressão moderada no pedal e ficando de olho nos semáforos e nos carros que estão bem mais à frente. Assim, você não será surpreendido por uma situação que exige uma frenagem forte. Melhor para a vida útil do pneu e para sua segurança.

Atenção onde para

Se é importante tomar cuidado ao dirigir, estacionar também exige atenção. Evite parar com o pneu esterçado contra a guia, porque esse contato pode até resultar em corte na borracha. Pelo mesmo motivo, procure manter distância da sarjeta, para não raspar a banda lateral. Fique também longe de marcas de óleo. Além do risco de perda de estabilidade ao sair, o óleo ataca a borracha.Prestando atenção em todos esses detalhes, os pneus poderão ser utilizados com segurança até que os indicadores de desgaste (as letras TWI na lateral) fiquem rentes à superfície da banda de rodagem. Isso é o sinal de que os sulcos alcançaram a profundidade mínima (1,6 mm) e que os pneus podem, então, se aposentar por tempo de serviço, não por acidente de percurso.


Texto por Hairton Ponciano Voz via QUATRORODAS. 

Carros que sairão de linha em 2017

O mercado automobilístico está sempre passando por várias modificações e todo ano alguns carros podem sair de linha. É sempre bom ter conhecimento sobre quais são eles pois na hora de vender o carro faz toda a diferença se ele ainda é produzido ou não.

As montadoras não revelam seus planos, mas alguns modelos estão com os dias contados para deixar a linha de produção e dar lugar a novos projetos, que devem estrear em breve. O ciclo de vida dos carros pode durar pouco ou décadas, muitos marcam a história, são sucesso de vendas e referência em seus segmentos. Mas quando se tornam ultrapassados, acabam sendo substituídos por projetos mais modernos.

Um bom exemplo disso é o que está prestes a ocorrer com alguns modelos produzidos no Brasil, sucesso de vendas nos anos 1990, como o Palio Fire e sua família, o VW Gol e o Renault Clio.

A Fiat nega categoricamente. Segundo eles, enquanto houver mercado para o Palio e seus derivados, os modelos continuam na linha de produção. Com o lançamento do compacto Mobi, era de se esperar alguma mudança no mix de produtos da marca italiana. O site Autos Segredos publicou recentemente que a Fiat vai interromper a produção do Palio Fire, Siena EL, Weekend, Idea e Doblò furgão. Permanecem em linha o novo Palio, o Uno e o Grand Siena, que devem receber retoques no visual e novos motores em breve.

Fiat-Palio-Fire-2016 (2)

O Renault Clio, com sua segunda geração vendida no Brasil desde 2002. Desde então, passou por algumas reformas no desenho, sendo que a mais recente foi adotada em 2012, quando o carro teve como principal mudança a frente renovada. Apesar de figurar entre os carros mais econômicos do País, o Clio perdeu o apelo de vendas há tempos. O modelo deixará de ser produzido para dar lugar ao Kwid, modelo com plataforma mundial desenvolvida pela Renault Technology America (RTA) e pelo Renault Design America Latina (RDAL). O Kwid será produzido no Paraná e inicialmente será equipado com motor 1.0 de três cilindros. Posteriormente, o compacto deverá ganhar versão equipada com outro motor de três cilindros, de 0.8 litro. O problema é que o Kwid feito na Índia levou nota zero no teste de impacto da Global NCAP, levantando questionamentos sobre a segurança do projeto. Mas a Renault afirmou que o Kwid produzido no Brasil respeitará as normas de segurança aqui estabelecidas e que terá quatro airbags.

renault-clio-kit-sport.jpg.ximg.l_full_m.smart

 

O Volkswagen Gol está com um mudança radical prevista para tentar levá-lo de volta à liderança de mercado. A nova geração será totalmente diferente da atual e deverá chegar às concessionárias da marca no fim de 2017 ou início de 2018.

volkswagen-gol-2013-reestilizado-12

Depois de decretar o fim da produção do compacto Celta no ano passado, a General Motors prepara agora o lançamento do Onix reestilizado.

chevrolet_celta-white-concept-2010_r4

Como pudemos ver, apesar do mercado em crise, os fabricantes ainda apostam em lançamentos e passam a substituir modelos mais antigos no mercado.

Agora que você já está inteirado sobre o que vai acontecer no mercado automotivo de 2017, dê uma passadinha no site da Itaro e conheça nossas promoções CLICANDO AQUI!

 

Qual a real importância do rodízio veicular?

A cidade de São Paulo tem restrição à circulação de veículos na área do mini-anel viário, de segunda à sexta-feira, das 7h às 10h e das 17h às 20h, de acordo com o último número da placa do veículo.  Esse rodízio municipal de veículos de São Paulo também chamado de Operação Horário de Pico pela CET foi implantado de forma experimental a partir de 1996 com o propósito de melhorar as condições ambientais reduzindo a carga de poluentes na atmosfera e também se consolidou como um instrumento para reduzir congestionamentos nas principais vias da cidade, nos horários de maior movimento.

Rodizio

Como esse processo se mostrou importante para a cidade e também para o meio ambiente, a Prefeitura de São Paulo estendeu o rodízio para a circulação dos caminhões dentro do Centro Expandido a partir do dia 30 de junho de 2008.

Durante o período de festas de fim de ano e férias de verão o rodízio é suspenso por algumas semanas, como também durante dias úteis intercalados com feriados, ocasiões em que ocorre uma redução no volume de tráfego da cidade. Nesses casos, a suspensão é previamente determinada pelas autoridades e devidamente divulgada pelos veículos de comunicação.

Além disso, o rodízio pode ser, a critério das autoridades competentes, excepcionalmente suspenso a qualquer momento por motivos que alterem a rotina normal da cidade, como greves nos transportes ou calamidades públicas, sendo também nesses casos informado ao público assim que possível.

A eficácia real do rodízio veicular ainda é muito discutida levando em conta os seus reais benefícios. Embora muitos aleguem que o rodízio contribua com o meio ambiente, melhorando a qualidade do ar através da redução da poluição emitida, ainda existem muito cientistas que afirmam que essa medida incentiva a compra de mais automóveis a fim de revezar em dias de proibição da circulação, e com isso, o rodízio acaba tendo o efeito inverso do proposto. Embora a CET e a prefeitura discordem das críticas ao rodízio, um levantamento de 2007 mostrou em números um crescimento contínuo tanto da frota de automóveis na cidade, quanto na extensão dos congestionamentos diários no trânsito.

Mas, os que defendem categoricamente essas medidas, por outro lado, alegam que o rodízio estimula o uso da carona solidária, o que leva à uma maior ocupação nos veículos, além de estimular o uso do transporte público. Porém, como todos sabem, investir na melhoria do transporte público e no estímulo do uso de meios de transporte não poluentes, como foi realizado em outras grandes cidades do mundo ajudaria ainda mais a atingir os objetivos proposto na criação o rodízio veicular.

Para os motoristas que não respeitarem o rodízio, a multa é de R$ 130,16 e rende quatro pontos na carteira.

multas

Agora que você já sabe tudo sobre o rodízio veicular, aproveite e faça uma visitinha pra gente no site da Itaro! Acesse: http://bit.ly/Venha-para-a-Itaro e confira nossas promoções!

Existe velocidade mínima para dirigir?

 

Sabe aquele motorista lerdo que está dirigindo bem na sua frente? Será que ele está apenas sendo cauteloso ou está dirigindo abaixo da velocidade mínima?

speedometer-1

Alguns itens são levados em consideração para se determinar a velocidade ideal para cada via como: o tipo de piso, condições climáticas, quantidade e posição de pedestres, motociclistas, caminhões e elementos do trânsito.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (Artigo 219) a velocidade mínima não poderá ser inferior à metade da velocidade máxima estabelecida, respeitadas as condições operacionais de trânsito e da via.     

Quando um motorista anda em velocidade excessivamente baixa ele acaba causando o retardo ou obstrução no trânsito não permitindo que os outros veículos trafeguem na velocidade adequada.

Apesar dessa violação ser passível de multa, a medição desta infração de trânsito praticamente não ocorre em nosso País, pois somente é possível punir o condutor de um veículo em velocidade excessivamente baixa, se houver a utilização de equipamento medidor de velocidade. Porém, nossos radares são ajustados para registrar os veículos que passam demasiadamente rápidos pelo local de fiscalização e não lentos demais…

670-radares-9866898(1)

 

Logicamente existem algumas exceções onde essa infração não é aplicada, como no caso de congestionamentos, condições meteorológicas ruins ou se o veículo lento estiver na faixa da direita.

Tão importante quanto o controle do excesso de velocidade, colocar a velocidade mínima em vias públicas é questão de fundamental importância para se evitar acidentes.

Agora que você já sabe tudo sobre esse assunto, que tal fazer uma visitinha pra gente no site da Itaro?!  Acesse: http://bit.ly/Venha-para-a-Itaro e confira nossas promoções!

As melhores ofertas da Black Friday na Itaro!

A Black Friday ( Sexta-Feira Negra em português) , é um termo criado pelas lojas que vendem produtos no varejo nos Estados Unidos para nomear a ação de vendas anual com descontos altos que acontece na sexta-feira após o feriado de Ação de Graças. A ideia vem sendo adotada e se tornando um evento cada vez mais lucrativo, por outros países também,como: Canadá, Austrália, Reino Unido, Portugal, Paraguai e Brasil.

A primeira Black Friday no Brasil aconteceu no dia 28 de novembro de 2010 e foi totalmente online e a data reuniu mais de 50 lojas do varejo nacional. Em 2013 lucrou R$770 milhões em comércio online e a cada ano esse valor aumenta ainda mais.

É lógico que a Itaro não iria ficar de fora desse super evento! Então, continue lendo e veja as nossas SUPER ofertas para esse grande dia!!!

cover-tw-black-friday

PNEUS:

Apesar dos pneus parecerem iguais, cada um possui uma função diferente em cada tipo de carro, para assim proporcionar melhor desempenho, conforto, economia de combustível e segurança. Pensando nos vários estilos de vida dos brasileiros, a Itaro oferece pneus para todos os tipos de terreno, seja para quem anda no asfalto, na estrada, em terra ou até para quem costuma só passear. Possuímos uma grande variedade de pneus para que você escolha qual se encaixa melhor com o seu veículo.

Existem três categorias de pneus: Off-Road, On-Road e Mistos. Os pneus Off-Road são apropriados para andar na terra e na lama, indicados para carros que precisam percorrer caminhos com estradas não pavimentadas ou sujeitas a atoleiros; já os pneus On-Road são aqueles utilizados para rodar no asfalto, usados para rodar pela cidade, sendo o pneu mais comum na maioria dos veículos; e por fim, os pneus Mistos, que como o próprio nome diz podem ser utilizados tanto para terrenos off-road, como para o asfalto. É um meio termo de ambos os pneus, para quem utiliza o carro em diferentes condições.

As melhores marcas de pneus automotivos: A Itaro possui as melhores marcas de pneus com os melhores preços, como: Pirelli, BF Goodrich, Goodyear, Bridgestone, Michelin, Dunlop, Continental, Firestone, Hankook, entre outras.

Na Itaro você compra pneus online pelo melhor preço de mercado e com um ótimo prazo de entrega. Lembrando que a montagem dos pneus comprados na Itaro é totalmente grátis para carro de passeio, SUV, pick-up e van. Esse benefício é parte de uma experiência de compra completa que todos os clientes Itaro podem ter. Ou seja: além de encontrar os melhores preços e ter a praticidade de escolher seus pneus pela internet, entre mais de 20 marcas, você pode ter seus pneus instalados sem custos em uma oficina perto de você.

Além da instalação dos pneus, recomendamos que você também faça alinhamento e balanceamento das rodas. Na Itaro também oferecemos pacotes para esses serviços.

Nessa Black Friday, destacamos dois pneus que estarão com um SUPER DESCONTO:

Pneu Pirelli Cinturato P4 175/65R14 82T:

O pneu Pirelli Cinturato P4 é um dos mais tradicionais do mercado brasileiro. O modelo é comercializado pela Pirelli como pneu original de fábrica em diversos veículos e se destaca pela excelente estabilidade e dirigibilidade que proporciona durante a direção.

O pneu Cinturato P4 da Pirelli é bom – realmente muito bom – para o dia a dia e para quem utiliza muito o veículo. Trata-se de um modelo ideal para quem busca uma boa relação entre custo e benefício, além de ser um produto já bastante experimentado no mercado. Compre o seu agora mesmo CLICANDO AQUI!

pneu-Cinturato-P4_1

Pneu Dunlop AT3 Grandtrek 205/70R15 96T:

O pneu Dunlop AT3 Grandtrek é um pneu de uso misto, recomendado para veículos off-road e SUVs de tração 4×4 que são utilizados na terra e também no asfalto. O modelo conta com características que permitem a rápida dispersão da água ao dirigir sob chuva, mantendo sempre excelente conforto e aderência, mesmo rodando na terra ou superfícies irregulares.

O Dunlop Grandtrek AT3 oferece diferenciais em relação à segurança, como os 3 sulcos longitudinais (que acompanham toda a banda de rodagem) que aumentam sua capacidade de escoamento de água, tornando-o mais seguro em piso molhado e em alta velocidade. Apresenta ainda, ranhuras nos ombros e sulcos do tipo bolsão, que garantem melhor aderência e direção em curvas na terra. Compre agora mesmo o seu CLICANDO AQUI!

pneu-Dunlop-AT3-Grandtrek

DVD PLAYER:

Sabemos que quando alguém procura um som para seu carro a intenção é que haja uma boa qualidade da reprodução das músicas, além de outros quesitos. Mas e quando o assunto é DVD automotivo? Qual o motivo de se ter um DVD em seu carro?

Foi-se o tempo em que passeios de carros tinham apenas a paisagem, a música e jogos como atrativos para passar o tempo. Hoje, DVDs e telas se tornaram acessórios comuns em carros de passeio e também em tunados.

Os tamanhos e modelos disponíveis de DVD Automotivo no mercado são diversos, há telas de 3 polegadas integradas à frente do rádio, telas escondidas (as famosas retráteis), telas no encosto do banco do motorista e do carona. Além de reproduzirem vídeos, sons e imagens, há modelos que possuem também GPS e que podem ser utilizados em conjunto com câmeras de ré.

As marcas que possuem maior aceitação do público quando o assunto é DVD automotivo são: Pioneer, Kenwood e Alpine. Os especialistas afirmam que os equipamentos dessas marcas possuem qualidade tanto visual como de áudio e que não deixam os clientes na mão com relação a problemas ou defeitos.

Aqui na Itaro nós disponibilizamos, além dos melhores aparelhos de DVD Player, diversos serviços de instalação para você sair de DVD novo no seu carro e nessa Black Friday, destacamos dois DVD Player que estarão com um SUPER DESCONTO:

DVD Player Pioneer 7″ AVH-X7880TV:

Com uma interface desenvolvida pela Pioneer para utilizar recursos de seu smartphone pela tela de seu aparelho, o novo DVD Player AVH-X7880TV é completo no que se trata de inovação sonora e visual. Além de possuir bluetooth integrado, também vem com equalizador gráfico de 13 bandas, crossover em 3 vias, ajustes de níveis e loudness, tudo pela sua tela retrátil de 7 polegadas que deixa seu carro cheio de personalidade. Compre o seu agora mesmo CLICANDO AQUI!

DVD-Player-Pioneer-AVH-X7880TV-3

DVD Player Pioneer AVH-3880DVD Tela 7” Retrátil USB:

Se você procura versatilidade, o AVH-3880DVD é o modelo ideal para você! Veja sua seleção de vídeos na tela retrátil de 7 polegadas ou ouça suas músicas preferidas com qualidade de áudio surpreendente! Uma maneira simples de curtir seu som, seus filmes, seus shows, tanto por CD-R e CD-RW quanto por pen drive. Além disso, ele oferece 1 entrada e 3 saídas RCA para que você possa expandir o sistema de som do seu carro do seu jeito! Compre já o seu! Basta CLICAR AQUI!

dvd-pioneer-AVH-3880DVD-01

SUBWOOFER E WOOFER:

Os praticantes da arte do som automotivo sempre estão em busca de qualidade para seu som. Seja na potência, na emissão sonora, no ganho de graves, agudos ou médios. A busca pela excelência sonora é constante.

O woofer é feito para reprodução de sons que contenham frequências graves, enquanto o subwoofer como o nome já diz (sub), é produzido para emissão de frequências sonoras graves também, porém para frequências mais baixas, que mais se sentem do que se escutam.

Na prática, o subwoofer tem a batida mais macia, ele é muito utilizado para quem quer qualidade sonora interna. Já o woofer possui uma pancada mais seca e é utilizado em ambientes externos. Geralmente são instalados em porta-malas ou pick-ups que serão abertos para emissão do som.

Geralmente o que muda nesses dois tipos de equipamentos são seus tamanhos, ou seja, as polegadas. Nos woofers e subwoofers essas polegadas podem ser de 8”, 10”, 12”, 15”, 18” e até 21”. O tamanho mais utilizado, em ambos os tipos de falantes, é o de 12’’, pois possui ótima performance para pancadas secas, além de reproduzir com qualidade a maioria dos estilos musicais. Os de tamanhos menores (8” e 10”) são usados no complemento de sistemas de som e os de maiores polegadas (15”, 18” e 21”) são utilizados para competições.

As marcas preferidas entre os praticantes da arte do som automotivo e também de instaladores para subwoofer são: Pioneer, JBL, Selenium e Bomber. E para woofers a preferência continua com os JBL Selenium e também com o Tomahawk.

Tanto no momento da compra, como no momento da instalação é muito importante que se procure um lugar adequado e que ofereça boas condições nos serviços oferecidos. Aqui na Itaro, nós oferecemos serviços de instalação com o melhor preço e atendimento do mercado em uma oficina muito perto de você. Clique aqui e confira!

Nessa Black Friday, destacamos dois Kits de Alto-Falantes que estarão com um SUPER DESCONTO:

Kit 2 Alto-Falantes Bravox 6 Triaxial B3X60 X”:

Produto com carcaça injetada em termoplástico, cone injetado em polipropileno, borda injetada em Santoprene ®, tweeter com diafragma de Mylar, conector original (linha original). Kit composto por 2 alto-falantes.Compre já o seu CLICANDO AQUI!

B3X60-VW-UP

Kit 2 Alto-Falantes Bravox 5” Triaxial Original/Universal TR55 VW1:

Produto com carcaça injetada em termoplástico, cone injetado em polipropileno, borda injetada em Santoprene ®, tweeter com diafragma de Mylar, conector original (linha original), kit composto por 2 alto-falantes. Compre já o seu CLICANDO AQUI!

TR55-VW1

AMPLIFICADORES:

Existem equipamentos que podem aumentar a potência e qualidade sonora do seu kit de som automotivo. A verdade é que, mesmo tendo alto-falantes potentes e um CD Player de qualidade, se não houver um amplificador, também conhecido como módulo ou potência, para potencializar o sinal, o som não terá muita qualidade.

Amplificador é o equipamento que, a partir de um sinal de áudio recebido em sua entrada, fornece este mesmo sinal em sua saída, porém, de forma amplificada, mais forte, adequando ao funcionamento dos falantes. Em resumo, a função básica do amplificador, como o nome já diz, é amplificar.

Há diversas marcas no mercado e a concorrência entre elas é muito forte. Mesmo com tanta diversidade, há preferência entre os praticantes da arte do som automotivo e também de mecânicos instaladores. Em conversas com especialistas e em pesquisas em fóruns especializados, é possível notar a preferência pelas marcas Taramps, Stetsom, Booster e Pyramid. Essas são, sem dúvidas, as marcas preferidas de quem curte um som com potência e qualidade.

Aqui, na Itaro, nós possuímos, além dos melhores amplificadores do mercado, o serviço de instalação de amplificadores com ótimo preço e acessibilidade para você sair de som novinho, clique aqui e confira.

ACESSÓRIOS PARA SOM AUTOMOTIVO:

Quem tem um set de som automotivo sabe que não basta ter apenas os equipamentos montados. Acessórios para som automotivo são itens tão fundamentais quanto os próprios equipamentos de som instalados. Muitos podem não acreditar, mas sem determinados acessórios os equipamentos não funcionariam da maneira correta.

Os mais utilizados:

Pen drive: Facilita muito a vida do motorista, pois além de armazenar muito mais músicas que CDs, o motorista não vai ter o trabalho de ficar trocando de CD. Um dono de kit de som automotivo que se preze deve optar pelo uso de pen drive em seu som. Usando o pen drive há mais organização, além de sobrar espaço no porta-luvas.

Cabo RCA: Cabo importante que serve para eliminar ruídos e também para transportar vídeos e áudio entre componentes do veículo, por exemplo: Para levar o sinal do aparelho para o módulo sem ruídos? Utilize um cabo RCA.

Fonte automotiva: Ideal para quem curte um som com o carro desligado. As fontes automotivas são acessórios desenvolvidos para carregamento ou fornecimento de energia ao som e evitam que a bateria do veículo descarregue quando a aparelhagem de áudio é utilizada por longos períodos sem a locomoção do carro.

Voltímetro digital: Melhor escolha para medir e examinar a leitura dos dados elétricos do sistema sonoro. Ideal para equipamentos que não possuem o dispositivo já instalado. Com esse acessório instalado é possível evitar picos de tensão que possam danificar os equipamentos, garantindo a segurança do som automotivo.

Controle remoto de longa distância: Esse tipo de controle remoto é ideal para controlar seu set de som, mesmo estando a uma longa distância dele. Possui versões com 300, 500 e até 1000m de alcance. Livre de interferências, ele funciona perfeitamente.

[OFERTA BLACK FRIDAY] Controle Longa Distância Taramps TLC 3000 Alcance 300m Branco:

O Controle de Longa Distância TLC 3000 da Taramps é uma ótima opção para quem utiliza o som do carro em festas e eventos e precisa controlar o aparelho de longe. Com eficácia para controlar o aparelho a uma distância de até 300m (em área aberta), este controle não sofre com interferências e tem sistema anti-clonagem de seus códigos. Compre já o seu CLICANDO AQUI!

controle-taramps-tlc3000-branco-01

Mega capacitor: Utilizado para melhorar a voltagem e a carga da bateria no som, é muito comum em sistemas de grave, porque quando o amplificador gera o som grave acaba consumindo uma alta carga de bateria. Com esse consumo mais alto a carga demora a se estabilizar, então o mega capacitor entra em ação utilizando a carga que ele tinha armazenado para manter a voltagem e a carga da bateria. Também é conhecido como um equipamento de reserva de energia.

Fusíveis: sempre é bom ter esse tipo de acessório reserva. É o elo entre as correntes elétricas e o sistema de energia que alimenta o carro. Estes dispositivos garantem a segurança de todo o sistema, mas é muito comum a queima deles. É um item barato, mas quando estragado significa o fim do som, por isso vale a pena ter alguns de reserva.

ACESSÓRIOS AUTOMOTIVOS:

Acessórios para carro são tão importantes quanto qualquer outra peça do veículo. Os acessórios fazem parte do automóvel e servem tanto para melhorar a estética do carro, quanto a segurança ou praticidade a bordo.

O macaco, é um dos exemplos, um acessório muito importante para o carro, já que serve para auxiliar na troca de um pneu furado e assim levantar o veículo de modo fácil e rápido. O Triângulo também é um acessório necessário e obrigatório por lei em qualquer veículo, para alertar que o carro está quebrado.

Para você que precisa daquela ajudinha na hora de estacionar ou que precisa deixar seu carro muito tempo na rua, a Itaro tem a categoria de alarme e segurança, que conta com sensor de estacionamento, alarme, controle para alarme, módulo de vidros, câmera de ré, triângulo, colete, trava elétrica, parafusos anti-furto e navegadores gps.

Entre os acessórios de alarme e segurança, o sensor de ré e a câmera de ré são os melhores amigos dos motoristas que precisam fazer balizas, ou simplesmente estacionar o carro, pois evitam transtornos que podem ser gerados por pequenos acidentes durantes as manobras. O sensor de ré avisa o motorista através de sinais sonoros quando um objeto está próximo do parachoque, já a câmera de ré transmite as imagens da traseira do carro pela central multimídia do veículo ou pelo visor instalado no espelho retrovisor interno do veículo.

Tratando de segurança, todo cuidado com o carro nunca é demais, ainda mais vivendo em um país com tantos problemas de segurança como o nosso. Na nossa categoria de alarme e segurança, temos diversas marcas de alarmes para carro dentre elas o consagrado alarme pósitron, um dos melhores disponíveis no mercado, além de travas elétricas e módulos de vidros, para garantir que as portas e vidros seu carro sempre estarão fechados e parafusos anti-furto, para evitar o inconveniente de ter suas rodas roubadas.

Nós possuímos uma grande variedade de acessórios de alarme e segurança disponíveis para você! Possuímos apenas as melhores marcas do mercado como: Pósitron, S-lock, Olimpus Padlock, Multilaser, Orbe, Ruchi, Telbras.

[OFERTA BLACK FRIDAY] Bloqueador Taramps Block Part:

O Taramps Block Part  é o produto ideal para quem precisa proteger o seu bem e busca um acessório de proteção eficiente. Desenvolvido pela Taramps, ele tem como principal função garantir a segurança do seu veículo e preservar a sua tranquilidade.Altamente confiável e seguro, o Block Part é compatível com os principais modelos de veículos do mercado e executa o bloqueio do veículo quando acionado, sem comprometer o funcionamento do mesmo. Compre já o seu CLICANDO AQUI!!!

bloqueador-taramps-blockpart-01

ILUMINAÇÃO:

Alguma lâmpada do carro queimou? Cuidado! Andar com o sistema de iluminação com algum tipo de defeito é proibido conforme o artigo 230, inciso IX do Código Trânsito Brasileiro (CTB) gerando para o motorista uma multa grave, ou seja, 5 pontos na CNH, além da retenção do veículo com o sistema de iluminação automotiva com defeito ou inoperante.

A Itaro tem ótimas ofertas de diversas marcas e tipos de lâmpadas automotivas. Agora basta saber qual o melhor tipo de iluminação para você e para o seu carro, sendo os tipos disponíveis: lâmpadas de LED, Lâmpadas halógeneas ou lâmpadas de Xênon.

Pensando na satisfação do seu cliente trabalhamos apenas com as duas melhores marcas disponíveis no mercado, sendo elas as lâmpadas Phillips e lâmpadas Osram, donas das famosas e consagradas lâmpadas Philips Diamond Vision e Osram Night Breaker, respectivamente.

Lembre-se que cada farol e também o farol de milha possuem um tamanho especifico de lâmpada automotiva, sendo os tamanhos mais comuns de faróis representados pela letra “H”, sendo eles: H1, H3, H4, H5, H7, H11, HB3 e HB4. Esse tipo de classificação é válida para todos os tipos de Iluminação automotiva.

Ficou animado com a nossa Black Friday???? Então acesse: http://bit.ly/BLACK-FRIDAY-ITARO e aproveite todo o site com até 50%OFF + 10%OFF direto no pagamento!!! #Itaro #BlackFriday #Descontos #Ofertas