Respeito às sinalizações

A rotina estressante do trânsito nas grandes cidades muitas vezes tira bons hábitos dos motoristas, como respeitar as sinalizações. Isso muda completamente a segurança nesses trajetos.

 

Dirigir por horas e muitas vezes em engarrafamentos cansa e estressa os motoristas, que na maioria das vezes, já não vêm a hora de largar o volante e chegar ao seu destino. Esses trajetos estressantes, são responsáveis por mudanças de hábitos de quem dirige, que alteram completamente a segurança no trânsito.

 

Dirigir nervoso, geralmente faz com que hábitos simples se deixem de lado, aumentando a chance de acidentes que muitas vezes podem até ser fatais. Claro que não é o único motivo e que apenas um motorista melhor não irá resolver o caos nas avenidas da cidade, mas se cada um fizer a sua parte, é possível melhorar. A Itaro quer relembrar sinalizações simples e extremamente importantes no dia a dia.

 

1 – Parar antes da faixa de pedestres: quem nunca viu uma cena do trânsito parado logo à frente, pedestres aguardando para atravessar, e o semáforo fecha. Neste momento, um carro está sobre a faixa de pedestres. É uma situação comum, e muito simples de ser resolvida. Se houver risco de ficar parado ali, sempre pare antes da faixa de pedestres. A sinalização é clara: Nunca feche o cruzamento. Isso aumenta muito a segurança da travessia, pois os outros motoristas terão a visão correta dos pedestres. Também evita a multa de parar sobre a faixa de pedestres, que é uma infração de trânsito punida com multa de pontos na habilitação.

 

2 – Ligar a seta: seja para fazer uma conversão em uma rua, ou mudar de faixa, é obrigatório ligar a seta. Você sinaliza para quem está na frente, ao lado e atrás, que devem se atentar para uma mudança de direção e possível redução de velocidade. Seja para os pedestres, outros carros ou motos, isso é muito importante. Grande parte dos acidentes que ocorrem nos “corredores de motos”, são por conta da somatória de alta velocidade com a falta do hábito de ligar a seta.

 

3 – Uso do farol baixo: desde 2016 é obrigatório utilizar os faróis baixos em rodovias mesmo durante o dia. O grande problema está na cidade, que por não ser obrigatório, muitas pessoas deixam de fazê-lo até mesmo em horários nos quais a sinalização se torna mais importante. Carros mais modernos em que o painel fica aceso constantemente, fazem com que muitas pessoas esqueçam de acender os faróis até mesmo a noite. Torne como hábito sempre verificar os faróis acesos, isso ajuda muito a enxergar e a ser visto.

 

4 – Respeitar a velocidade: não importa o seu tipo de veículo e a sua pressa, o limite de velocidade tem que ser respeitado. A velocidade elevada está no topo entre os maiores causadores de mortes no trânsito. Seja responsável e respeite os limites das vidas. E se você quiser andar um pouco mais devagar, não tem problema, mas deixe a esquerda livre para quem quer (ou precisa) andar mais rápido.

 

5 – Seja gentil: atitudes como dar passagem para uma travessia de um pedestre ou para outro motorista entrar na sua frente, não vão fazer com que o seu trajeto seja alongado de forma significativa. Ter cuidado ao entrar em rotatórias, respeitando a preferência é muito importante.

 

O respeito à sinalização faz parte das nossas ações perante o trânsito que podem modificar tudo o que traz resultados negativos atualmente, traduzidos em multas, acidentes, ferimentos e mortes. Neste Maio Amarelo, a Itaro quer mostrar que cada um pode fazer um pequeno gesto, que em conjunto com outros, se traduzem em grandes resultados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *