Maio Amarelo – Nós somos o trânsito

Em sua quinta edição, o Maio Amarelo tem como tema Nós Somos o Trânsito, e é um movimento criado para conscientizar as pessoas com diálogos e ações, com o intuito de transformar as maneiras de lidar com o trânsito, tornando-o mais seguro.

 

O mês e a cor escolhidos não é por acaso, a saber: maio por ter sido o mês no qual a ONU declarou a década de ação para a segurança no trânsito, e amarelo pois é a cor que representa atenção nas sinalizações de trânsito.

 

O Maio Amarelo tem a importante missão de unir o governo, sociedade e empresas com ações repletas de diálogo e informações, criando discussões e mostrando a necessidade da mudança rápida e urgente na redução de acidentes com vítimas no trânsito. Seja com ou sem um veículo, todos tem suas responsabilidades com o trânsito.

 

O Brasil hoje é o quinto entre os países recordistas em mortes no trânsito, atrás apenas da Índia, China, EUA e Rússia. Considerando os outros próximos 5 países, que compõem a lista dos 10 recordistas, temos os 62% das mortes no trânsito. É uma quantidade representativa em relação à quantidade de países, já que diariamente, três mil vidas são perdidas no trânsito. Esta é a nona maior causa de mortes no planeta.

 

Segundo estimativa da OMS, caso nada mude nos próximos anos em relação às mortes, deverão morrer 1,9 milhão de pessoas em 2020, chegando a 2,4 milhões em 2030, além de milhões de sobreviventes com ferimentos e traumatismos, provenientes de acidentes de trânsito. A Década de Ação para a Segurança no Trânsito tem como foco poupar cinco milhões de vidas até o início da próxima década.

 

A ação do Maio Amarelo é uma maneira de mostrar que pequenas atitudes individuais podem tornar o trânsito mais seguro, já que a maioria dos acidentes são resultado de falhas humanas, como falta de atenção ou imprudência. Durante o mês de Maio, no Blog da Itaro você acompanha uma série de posts especiais sobre o tema, acompanhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *